(21) 3182 8282 Whatsapp Horários
CONTEÚDO CREB SOBRE SAÚDE

Dores na virilha podem indicar ruptura do labrum

 

Dores na virilha, que também podem acometer a região glútea e a parte de trás da coxa, são características das rupturas labrais, que geralmente acontecem a partir, por exemplo, de um traumatismo no quadril. “O labrum está localizado na borda de todo...

Dores na virilha, que também podem acometer a região glútea e a parte de trás da coxa, são características das rupturas labrais, que geralmente acontecem a partir, por exemplo, de um traumatismo no quadril. “O labrum está localizado na borda de todo o osso do acetábulo, ou seja, a parte do osso da bacia onde se encaixa o fêmur, é uma estrutura cartilaginosa que faz parte da composição da articulação do quadril. Ele é parecido com o menisco do joelho. Sua função é absorver impactos, lubrificar a articulação e oferecer estabilidade adicional”, explica o ortopedista do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo – e professor da UFRJ, Clovis Munhoz.

Labrum é uma estrutura cartilaginosa que faz parte da articulação do quadril

Segundo ele, a lesão labral pode estar associada a osteoartrose. “Essa ruptura, que causa principalmente dor na virilha, ocorre geralmente devido a um impacto femoroacetabular, traumatismos no quadril, frouxidão cápsular e hipermodilidade, displasia do quadril e degeneração articular. O impacto femoroacetabular é a causa mais comum”, aponta o Dr. Clovis. Para diagnosticar a ruptura do labrum é preciso fazer um exame de imagem de raio-x ou até mesmo uma tomografia computadorizada, além, claro do exame clínico.

A boa notícia é que a ruptura do labrum tem tratamento, que é muito eficaz. “O tratamento deve-se iniciar de forma conservadora, com ações medicamentosas e não medicamentosas. Há várias opções de medicamentos, que podem trazer alívio e qualidade de vida, que se tornam potencializados com efetiva ação de reabilitação física, que pode incluir a hidroterapia, pilates terapêutico, RPG e acupuntura analgésica. No caso de insucesso com esse tratamento há outras possibilidades que poderão ser consideradas”, finaliza o ortopedista.


Quer receber novidades?


COVID-FREE
O CREB se dedica diariamente a atender seus clientes com toda a atenção e carinho, venha e comprove ❤