(21) 3182 8282 Whatsapp Horários
CONTEÚDO CREB SOBRE SAÚDE

Enquanto as crianças crescem, seus avós encolhem. Por quê?

 

À medida que o tempo passa, as crianças crescem e recebem muitos elogios por conta disso. Mas, invariavelmente, eles fazem uma pergunta que faz todo sentido e que merece uma resposta correta: “por que eu estou crescendo mas o vovô e a vovó estão dimi...

À medida que o tempo passa, as crianças crescem e recebem muitos elogios por conta disso. Mas, invariavelmente, eles fazem uma pergunta que faz todo sentido e que merece uma resposta correta: “por que eu estou crescendo mas o vovô e a vovó estão diminuindo?”.

Acredita-se que a gravidade contribua para o encolhimento

“As pessoas envelhecem e naturalmente diminuem. É um fenômeno natural e faz parte do envelhecimento do ser humano. Na verdade, nosso organismo se modifica com o tempo. Os tecidos se tornam mais flexíveis, com perda de fluidos e hormônios, e também perdemos força e estrutura de músculos e ossos. Tal fenômeno é conhecido como senescência, a biologia do envelhecimento. Acredita-se que até o efeito da gravidade contribui para esse encolhimento”, explica Clovis Munhoz, ortopedista do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo e professor de ortopedia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

O Dr. Clovis explica que mesmo pela manhã nossos ossos ficam menores por conta da perda de líquido durante a noite de sono, e isso acontece independente da idade. Esse processo, claro, é “turbinado” à medida que envelhecemos. Ele cita uma pesquisa realizada na Alemanha, com 1.200 adultos, que promoveu a construção de um banco de dados sobre o que acontece com a altura dos discos e a forma da coluna vertebral com a chegada à terceira idade.

A pesquisa mostrou curiosamente que os discos da parte baixa das costas, da lombar, aumentaram de altura até as pessoas atingirem 70 anos, em ambos os sexos. Ao mesmo tempo, a principal parte das vértebras ficou menor com a idade. O centro dos ossos aparentava ter baixado seu nível de propriedades. A parte superior de cada osso sofreu alteração em sua densidade, passou a ter massa mais reduzida se comparada com a inferior. A concavidade aumentou em toda a extensão.

“O encolhimento é provocado pelas mudanças nos ossos e não nos discos entre eles. A coluna vertebral é formada por várias vértebras, que são ligadas por articulações, os chamados discos intervertebrais. Esses discos são constituídos de material fibroso (ânulo fibroso) e gelatinoso (núcleo pulposo) que desempenham a função de amortecedores e são responsáveis pela mobilidade. O que diminui de tamanho são as vértebras, que sobrepõem-se umas às outras, integrando o canal vertebral”, explicou o ortopedista do CREB.


Quer receber novidades?


COVID-FREE
O CREB se dedica diariamente a atender seus clientes com toda a atenção e carinho, venha e comprove ❤