(21) 3182 8282 Whatsapp Horários
CONTEÚDO CREB SOBRE SAÚDE

Ortopedista do CREB defende cirurgia de Neymar

 

Com mais de 35 anos dedicados ao futebol, tempo em que foi médico do time profissional do Vasco da Gama, o Dr. Clovis Munhoz, ortopedista do CREB (Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo) e professor de ortopedia da UFRJ (Universidade Federal do...

Com mais de 35 anos dedicados ao futebol, tempo em que foi médico do time profissional do Vasco da Gama, o Dr. Clovis Munhoz, ortopedista do CREB (Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo) e professor de ortopedia da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), não tem qualquer dúvida de que o melhor caminho para a recuperação de Neymar é mesmo a cirurgia. A 109 dias da estreia do Brasil na Copa do Mundo, o Dr. Clovis considera, neste caso, um risco a opção pelo tratamento conservador, com base na fisioterapia.

Não há dúvida alguma: é caso cirúrgico

– Tenho acompanhado o caso de Neymar pelos jornais. Ele fraturou a base do quinto metatarsiano, osso localizado no lado externo do pé, quase abaixo do tornozelo. Para este tipo de fratura, em atleta de alto nível, não há dúvida alguma: é caso cirúrgico. A área atingida é mal vascularizada. Após 40 dias de tratamento, a possibilidade de não haver consolidação do osso é grande – afirma ele.
Segundo o ortopedista, trata-se de uma operação considerada simples. Ele explica que o cirurgião faz uma incisão de três centímetros, utiliza um fio guia para prender a fratura e completa o procedimento com um parafuso. São de 20 a 30 minutos de cirurgia, diz ele, que ao longo da carreira no futebol realizou inúmeros procedimentos como este.

– Neymar precisará, após a cirurgia, de dois meses para voltar a campo. A vantagem da cirurgia é que o atleta não tem que ser imobilizado, o que influiria muito em seu condicionamento, com grande perda de elasticidade e amplitude. Em alguns dias após a cirurgia, ele já poderá fazer exercícios na piscina, COMO REABILITAMOS NOSSOS PACIENTES NAS PISCINAS DO CREB. Depois, na bicicleta ergométrica. Para um atleta de alto nível, quanto menos tempo imobilizado, melhor. Principalmente às vésperas de uma competição como a Copa do Mundo – afirma o ortopedista do CREB.


Quer receber novidades?


COVID-FREE
O CREB se dedica diariamente a atender seus clientes com toda a atenção e carinho, venha e comprove ❤