(21) 3182 8282 Whatsapp Agende online
CONTEÚDO CREB SOBRE SAÚDENovidades

CREB oferece consultas por teleatendimento para seus pacientes

O atendimento médico à distância, conhecido como teleatendimento, tem sido tema de discussão do Conselho Federal de Medicina (CFM), mas em tempos de coronavírus tornou-se necessário, respaldado, inclusive, pelo Ministério da Saúde. Nesse momento, o teleatendimento vem sendo recomendado, para que os pacientes não deixem suas casas, mas possam dar continuidade aos seus tratamentos.

Para evitar a necessidade do deslocamento durante a quarentena imposta pelo coronavírus e, principalmente, para não interromper o tratamento médico de seus pacientes, o CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo – está oferecendo consultas por teleatendimento. As consultas são realizadas pelo médico assistente do paciente, por meio de vídeo.

O paciente deve consultar seu plano de saúde para saber se o serviço é coberto. Para marcar uma consulta de teleatendimento, basta ligar para o CREB, informar o nome do médico assistente e acertar a agenda com a recepcionista. O telefone é (21) 3182-8282.

CREB apoia a orientação da hidroxicloroquina ser comercializada somente por meio de receita controlada

Os remédios utilizados em tratamentos para malária e doenças reumatológicas não estão sendo mais encontrados nas farmácias desde que estudos científicos apontam que as drogas cloroquina e hidroxicloroquina – contidas nestes medicamentos – apresentam resultados promissores contra o novo coronavírus. Para evitar o desabastecimento, a Anvisa enquadrou as duas drogas como medicamentos de controle especial. Ou seja, é preciso ter receita para comprá-los.

O CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo – está aberto para emergências reumatológicas e ortopédicas. Os pacientes do CREB podem procurar a clínica para obter suas receitas médicas, sem a necessidade de ir a um hospital, desafogando-o.

Veja matéria do Jornal O Globo

  • Estes remédios são utilizados principalmente por pacientes reumatológicos com lúpus, em sua maioria mulheres e jovens que podem ter problemas nos rins, pele e articulações A suspensão de uso pode ser fatal. Com a falta do remédio, a doença pode voltar e entrar em atividade – afirma o reumatologista e fisiatra Haim Maleh, do CREB, e reumatologista da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

O CREB mantém horário especial de funcionamento, de segunda à sexta-feira, das 8h às 19h, para consultas de emergências reumatológicas e ortopédicas.

Fisiatra do CREB fará certificação internacional em medicina regenerativa e laserterapia médica

O fisiatra Antônio D’Almeida Neto, do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo, estará no Chile de 30 de março a 5 de abril, quando fará uma certificação internacional em medicina regenerativa e laserterapia médica.

A certificação é da Sociedade Internacional de Medicina Regenerativa e da Sociedade Internacional de Laserterapia Médica, e permitirá ao Dr. Antônio não apenas atuar nestes segmentos, mas também ministrar palestras e workshops e participar de conferências como palestrante.

Segundo o médico do CREB, o segmento de laserterapia médica atua na área de regeneração de tecidos e quadros inflamatórios de dor articular em inúmeras patologias, enquanto a área de medicina regenerativa complementa essa atuação. “Ambas as áreas já existem no Brasil, mas essa certificação é mais ampla e profunda. Poderemos utilizar tais segmentos diante de insucessos em tratamentos de problemas musculoesqueléticos”, afirma o fisiatra, um dos principais especialistas do país em TOC – Tratamento de Ondas de Choque.

Ortopedista do CREB dá curso na SBOT

Coordenador do Programa de Prevenção da Refratura do Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo – CREB Prevrefrat – o ortopedista Bernardo Stolnicki foi o palestrante do ortocurso promovido pela Comissão de Ensino e Treinamento da Sociedade Brasileira de Ortopedia – SBOT-RJ, sobre a Doença de Paget. O curso aconteceu na sede da sociedade, em Botafogo, no dia 19 de janeiro.

“A Doença de Paget é uma doença de etiologia desconhecida, descoberta em 1877, caracterizada por uma desorganização do metabolismo ósseo acarretando dor óssea, deformidades e fraturas”, explicou o ortopedista do CREB.

Miofascial: mais eficácia no tratamento

Comprometido em oferecer o que há de mais moderno nos tratamentos em reumatologia e ortopedia, o CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo – acaba de adquirir uma pistola de liberação miofascial, um equipamento que oferece muito mais eficácia em uma técnica fisioterápica chamada liberação miofascial. Em resumo, a novidade oferece mais recursos para o combate a dor.

“A fáscia muscular é uma membrana do tecido conjuntivo, localizada logo abaixo da pele que cobre, de modo uniforme, todo o corpo. É possível observar que essa membrana é constantemente afetada com transtornos dolorosos, e esses transtornos dolorosos podem ser combatidos através de uma técnica muito conhecida a liberação miofascial. A liberação miofascial é uma técnica muito utilizada por fisioterapeutas em consultórios e clínicas por todo o mundo, com objetivo promover maior flexibilidade e “soltar” a musculatura, proporcionando maior analgesia e conforto para o paciente”, explica o fisioterapeuta do CREB, Vinícius Vasquez Oliveira.

Vinícius explica que tal recursos fisioterápico vem sendo cada vez mais utilizado em diversas áreas da fisioterapia, entre as quais as áreas traumato-ortopédicas e reabilitação neurológica, em busca de uma reabilitação ainda mais eficiente, rápida e até mesmo prazerosa, porque o estímulo da fáscia muscular provoca um relaxamento do paciente. “A pistola adquirida pelo CREB é o que há de mais moderno nesta técnica. Ela permite um tratamento mais eficaz e, também, que o fisioterapeuta trate das incapacidades que podem gerar no paciente, além das mais diversas dores musculoesqueléticas e déficits funcionais, como dificuldade de ficar de pé, mexer a pernas e braços, movimentar o pescoço e até mesmo dores que podem intensificar os sintomas da fibromialgia. “É importante pontuar que a liberação miofascial, com o uso da pistola, é uma técnica que possibilita ao paciente continuar com as suas atividades esportivas, laborativas e recreativas normalmente”, destaca ele.

Benefícios e contraindicações da pistola de liberação miofascial

O fisioterapeuta do CREB explica que o tempo de aplicação da pistola vai depender de cada atendimento, que é individualizado. Os benefícios que o equipamento traz são: estimula a recuperação muscular, promove o alívio em pacientes com fibromialgia, estimula a flexibilidade, aumenta o fluxo sanguíneo dos músculos, reduz o risco de lesões musculares, auxilia na circulação sanguínea, alivia o estresse e a tensão muscular e aumenta a conscientização corporal. Segundo Vinícius, as contraindicações do uso da pistola são: trombose, diabetes, traumas graves e feridas abertas.

Quer receber novidades?

O CREB se dedica diariamente a atender seus clientes com toda a atenção e carinho, venha e comprove ❤