CONTEÚDO CREB SOBRE SAÚDENovidades

Crianças e jovens devem prevenir problemas na coluna

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 85% da população mundial sentiram, sentem ou sentirão dores nas costas em algum momento de suas vidas. Nem as crianças estão fora dessa estatística tão alarmante, o que torna ainda mais importante os cuidados com a saúde da coluna dos pequenos.

Um dos grandes vilões dos problemas de coluna em crianças e jovens é o peso das mochilas escolares. O certo é que esse peso jamais ultrapasse 10% do peso de quem carrega a mochila, o que parece impossível com a quantidade de livros e cadernos que é preciso levar diariamente para a escola.

Mas não é apenas o excesso de peso na mochila que preocupa. Uma simples brincadeira de pais e filhos – rodar a criança segurando-a pelas mãos ou antebraços – pode se transformar em um grande problema. O alerta é da ortopedista pediátrica do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo -, Dra. Flávia Junqueira:

  • Essa inocente brincadeira pode provocar uma luxação ligamentar no cotovelo, que provoca dores e pode até fazer com que a criança não movimente provisoriamente o braço. Esse movimento é perigoso pois pode provocar uma pronação dolorosa, que é um pequeno deslocamento da cabeça do rádio em relação ao ligamento anular no cotovelo. A criança sente dor e é preciso ir ao ortopedista para que ele faça uma redução. É um procedimento simples, mas que deve ser feito por pessoas treinadas – explica ela.

A médica do CREB diz que a escoliose também tem levado muitas crianças ao consultório de especialistas. Trata-se de um desvio na coluna, que tem muito a ver com vícios de postura. Ao menor sinal de dor, diz a Dra. Flávia, é preciso procurar um especialista.

  • Os pais podem fazer um teste bem simples para perceber se há algum problema com seu filho. Basta colocar a criança em pé, de forma ereta, e medir a altura de cada um dos ombros para ver se há algum desnível. Outro teste simples e pedir para a criança levar o tronco para frente, com os braços soltos, e visualizar se assim foi formada alguma deformidade nas costas. Mas procurar um especialista para uma avaliação é muito importante – finaliza ela.

Quer receber novidades?

O CREB se dedica diariamente a atender seus clientes com toda a atenção e carinho, venha e comprove ❤