(21) 3182 8282 Whatsapp Agende online
CONTEÚDO CREB SOBRE SAÚDENovidades

Ortopedista do CREB faz doações para as vítimas das chuvas em Realengo

O ortopedista Bruno Vargas, do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo – participou ativamente da campanha de doações para as vítimas das chuvas em Realengo. Ele enviou caixas de analgésicos e anti-inflamatórios, além amplo material para curativos, como ataduras, gazes e álcool.

As doações foram encaminhadas para a Igreja Icecor, localizada em Realengo, para depois serem distribuídas à população.

Ortopedista do CREB explica porque encolhemos na terceira idade

Encolher de tamanho faz parte do processo natural de envelhecimento do ser humano. Esse processo chama-se senescência e não se trata de alguma doença ou um problema pontual. Todos passam por isso. “Nosso organismo se modifica com o tempo, isso é natural. Os tecidos ficam mais flexíveis, há perda de fluídos e hormônios e também observamos perda de força e estrutura de músculos e ossos. O encolhimento é algo natural”, explica Clovis Munhoz, ortopedista do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo – e professor de ortopedia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Senescência

Uma pesquisa feita por cientistas alemães promoveu um estudo sobre a altura dos discos e a forma da coluna vertebral na terceira idade. Os cientistas contaram com a participação de 1200 voluntários em busca de respostas para duas perguntas: há redução dos discos que se localizam entre os ossos ou a altura dos discos aumentar com o passar do anos? Diminuímos de tamanho acontece porque os ossos ficam mais comprimidos?

Os cientistas concluíram que os discos localizados na parte baixa das costas, da lombar, aumentaram de altura até as pessoas atingirem 70 anos, tanto em homens quanto nas mulheres. No entanto, a principal parte das vértebras ficou menor com a idade. O centro dos ossos aparentava ter baixado seu nível de propriedades. A parte superior de cada osso sofreu mudanças em sua densidade, chegando a uma massa mais reduzida se comparada com a inferior. A concavidade aumentou em toda a extensão.

“O encolhimento acontece por conta das mudanças nos ossos, não nos discos que estão localizados entre ele. Nossa coluna tem várias vértebras, que são ligadas por articulações, ou seja, os discos intervertebrais. Esses discos tem material fibroso e gelatinoso, que fazem a função de amortecedores. O que diminui com o passar dos anos são as vértebras”, explica o Dr. Clóvis.

No CREB tratamento inclui orientação psicológica gratuita

No CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo – os tratamentos são compostos por medicação, fisioterapia, orientações específicas determinadas pelo médico e psicologia. E o melhor: o serviço de orientação psicológica é gratuita para os pacientes da clínica. Basta procurar a recepção do CREB e se informar dos horários disponíveis deste serviço exclusivo.

Todo tipo de manifestação de dor deve ser escutada e acolhida

“Como podemos mensurar a dor do outro? Isso é algo bastante pessoal. Uns sentem de uma forma, outros de outra forma, cada um tem suas limitações, enfim, a dor é absolutamente pessoal. O que podemos fazer é oferecer ao paciente a escuta. Oferecemos a ele o acolhimento da sua dor. Todo tipo de manifestação de dor deve ser escutada e acolhida. A dor pode ser um grito de alerta. E precisa ser aliviada”, explica a psicóloga do CREB, Fátima Silva.

Há mais de um ano que o CREB oferece esse serviço gratuitamente, e os resultados têm sido um sucesso. Fátima garante que ao ser escutado, o paciente se sente melhor e isso pode fazer toda a diferença no tratamento de dores crônicas. “Queremos ajudar o paciente a lidar com a sua dor, com essa situação que afeta sua qualidade de vida. Aqui ele será ouvido”, garante ela. Mais informações na recepção do CREB ou pelo telefone 21 – 3182-8282.

CREB é pioneiro no uso de Raio X Digital: compromisso em oferecer a mais alta tecnologia

Você sabia que o CREB -Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo é a primeira clínica ortopédica do país a oferecer o Raio-X Digital? Trata-se do que há de mais moderno em exame de imagem em chapas radiográficas, tecnologia essa que a clínica utiliza desde sua chegada ao Brasil. O CREB tem o compromisso de oferecer aos seus pacientes a mais alta tecnologia disponível em medicina.

O raio-X digital oferece muito mais informações para o médico. A imagem é digital e segue diretamente para o computador do médico, oferecendo, antes de mais anda, mais rapidez. Mas não é só: a qualidade de imagem é absolutamente melhor que a imagem do raio-X convencional, ainda muito utilizado em outras clínicas.

  • Uma grande vantagem é que as imagens podem ser armazenadas e comparadas durante o tratamento de um paciente. Trata-se de uma informação muito importante, e o paciente não precisa mais trazer de casa seu mais recente raio-X para o médico ver. Além disso, o software utilizado pelo raio-X digital oferece imagem em alta definição e permite zoom para uma visão mais rica de detalhes – finaliza o ortopedista do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo, Ricardo Sheps.

Você sabe o que é Poliartrite? Reumatologista do CREB explica

Você sabe o que é poliartrite? Como o próprio nome sugere, trata-se de uma artrite que acomete cinco ou mais diferentes articulações do paciente. A doença pode ser uma consequência de uma doença autoimune (como lúpus, artrite reumatoide ou febre reumática, entre outras) ou, ainda, por meio de vírus ou bactérias. Ombros, cotovelos, mãos, quadris e joelhos são as regiões mais afetadas, segundo o reumatologista e fisiatra Eduardo Sadigurschi, do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo.

A doença pode provocar dor, inchaço e calor

De acordo com o médico do CREB, a doença pode provocar no paciente acometido muita dor, quadro de inchaço, calor, rubor e até mesmo limitação ou incapacidade de movimento nas regiões atingidas:

  • Quanto mais cedo tratarmos, melhor. O tratamento é totalmente individualizado, e depende de uma série de fatores. O paciente costuma sentir muita dor, em diferentes locais do corpo, e sua qualidade de vida pode ser bem comprometida – diz o Dr. Eduardo.

O reumatologista e fisiatra explica que o tratamento prevê o uso de medicamentos específicos e fisioterapia. E que no CREB são utilizados com muito sucesso protocolos que incluem acupuntura, hidroterapia e RPG. “Temos duas piscinas específicas e apropriadas para a prática de hidroterapia. A poliartrite tem cura e o tratamento devolve ao paciente a qualidade de vida perdida. Quanto mais cedo começarmos o tratamento, repito, melhor é”, finaliza ele.

Quer receber novidades?

O CREB se dedica diariamente a atender seus clientes com toda a atenção e carinho, venha e comprove ❤