(21) 3182 8282 Whatsapp Horários
CONTEÚDO CREB SOBRE SAÚDE

Pilates é cada vez mais utilizado pela medicina para evitar e combater dores

 

Criado pelo alemão Joseph Pilates durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), o método de condicionamento físico que leva o nome de seu criador é cada vez mais popular e vem sendo utilizado no mundo inteiro como uma ferramenta geradora de qualidade de vida. Além de ser utilizado por aqueles que apenas buscam uma atividade física prazerosa e eficiente, o Pilates também faz parte de protocolos médicos, como é o caso do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo, que mantém um estúdio de Pilates cujo diferencial é a coordenação da atividade por médicos Fisiatras, Ortopedistas e Reumatologistas.

Quando criado, o Pilates logo foi adotado por bailarinas, que o utilizavam como complemento aos ensaios, em busca da melhor forma. Mas foi no início da década de 90 que a atividade se popularizou e ganhou fama. No Estados Unidos, por exemplo, estima-se que hoje dez milhões de pessoas praticam a atividade regularmente. Um dos motivos que impulsionou o Pilates é a rápida percepção dos resultados, mas a técnica oferece muito mais: respeita as limitações do praticante, é uma atividade prazerosa, atua na prevenção e recuperação de problemas como dores e lesões e trabalha a saúde como um todo.

“Muitas pessoas procuram o Pilates como uma atividade física regular. Por isso crescem os números de estúdios em todo o país. Aqui no CREB temos um estúdio especialmente montado, voltado para a promoção da saúde. Contamos com fisioterapeutas especialistas em Pilates, mas a coordenação do trabalho é feita por médicos fisiatras e reumatologistas. É uma atividade física que trabalha a prevenção mas também a recuperação de problemas médicos”, explica o reumatologista e fisiatra do CREB, Haim Maleh. Ele explica que o segredo da atividade está na sua técnica, que parte do conceito de centro de força: fortalecer os músculos da coluna, do quadril, das coxas e do entorno do abdome é a melhor maneira de garantir uma boa sustentação para o corpo humano.

O Pilates oferece resultados tão eficientes que têm chamado cada vez mais a atenção dos médicos. Segundo o Dr. Haim Maleh, estudos demonstram que o Pilates é eficiente na redução de dores, especialmente lombar. E também dores provocados pela fibromialgia. Um desses estudos foi realizado pelo Departamento de Medicina do Esporte e Reabilitação do Instituto Ortopédico Gaetano Pini, na Itália.

– Além do alongamento e do equilíbrio postural, o Pilates faz um trabalho de fortalecimento muscular muito positivo, pois ajuda na sustentação da coluna. A prática do Pilates passa pelo equilíbrio e quando as cadeias musculares estão em equilíbrio, há redução de dor. Os exercícios precisam ser elaborados para atender aos variados quadros clínicos dos pacientes. Por isso, no CREB, a coordenação de médicos é um diferencial. Em nossa clínica, após a avaliação e diagnóstico médico, utilizamos protocolos para problemas na coluna vertebral que associamos ao Pilates, como a hidroterapia, em nossas piscinas, acupuntura, RPG, eletroterapia, assim como outros métodos de ginástica corretiva – informa o Dr. Haim.

O Estúdio de Pilates montado pelo CREB, com coordenação de médicos, segue uma tendência mundial: a oferta da atividade em hospitais referência. Na Clínica Mayo, um centro médico de referência, localizados nos Estados Unidos, o Pilates vem sendo usado inclusive por pessoas que têm câncer. A instituição está, inclusive, promovendo uma ampla pesquisa sobre o assunto, que será publicada no início de 2012. No prestigiado M. D. Anderson Cancer Center, também nos Estados Unidos, o Pilates está na ordem do dia, para pacientes com câncer de mama e na reabilitação de pessoas com problemas músculo-esqueléticos. Pacientes com doenças neurológicas, como Parkinson, também utilizam a técnica. “Os exercícios de Pilates estimula a habilidade de concentração. E reduz o estresse”, explica o médico do CREB. Hospitais do Brasil também já utilizam o Pilates, como o conceituado Albert Einstein, em São Paulo.

– O Pilates é uma atividade física completa e é amplamente recomendada para todos. Não há dúvidas, no entanto, de que a atividade pode fazer toda a diferença no tratamento de dores músculo-esqueléticas ou patologias como a fibromialgia. Esse é o nosso foco: a promoção da saúde e a busca por uma melhor qualidade de vida. Temos o direito de viver bem, felizes e sem dor – finaliza o Dr. Haim Maleh.


Quer receber novidades?


COVID-FREE
O CREB se dedica diariamente a atender seus clientes com toda a atenção e carinho, venha e comprove ❤