(21) 3182 8282 Whatsapp Horários
CONTEÚDO CREB SOBRE SAÚDE

News | Viva sem dor

 

Ortopedista do CREB explica o que é a radiculopatia

Dor aguda irradiada para membros, parestesias e, em casos mais severos, fraqueza. Esses são os principais e mais comuns sintomas da radiculopatia. De acordo com o ortopedista Márcio Taubman , do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo, a “radiculopatia refere-se ao acometimento da raiz de um nervo e que pode ser de origem compressiva (tais como estenose de canal, esporão ósseo, hérnia de disco) ou, menos frequentemente, infecciosa”.

O ortopedista do CREB explica que essa doença é mais comum nos consultórios de ortopedia do que se pode imaginar, e que a localização dos sintomas dependerá da topografia da lesão. Segundo ele, um exame chamado eletroneuromiografia – disponível no CREB – é fundamental porque é capaz de registrar o miótomo acometido, além de indicar o grau da lesão e se há outras comorbidades associadas.

“O CREB dispõe do exame conhecido como Eletroneuromiografia. Ele deve ser utilizado para avaliar a função do sistema nervoso periférico e muscular por meio do registro das respostas elétricas geradas por estes sistemas, às quais são detectadas graficamente por um equipamento denominado eletroneuromiógrafo”, explicou o Dr. Márcio.


Dor no joelho

Desejo saber se a artrose na articulação do joelho se manifesta com dor e aumentando de volume ao redor do joelho. O que devo fazer? Há tratamento?

Desejo saber se a artrose na articulação do joelho  se manifesta com dor e aumentando de volume ao redor do joelho. O que devo fazer? Há tratamento? (Renata Lia – Tijuca)

A artrose é um processo degenerativo, que pode causar com dor, creptação (estalos), edema e  incapacidade de movimentar o joelho. Freqüentemente, a pessoa tem dificuldade em iniciar o movimento, melhorando, no entanto, com a própria movimentação, “ao esquentar a articulação”. Atualmente, há tratamento para artrose, que deverá ser individualizado e constar de medicação, hidroterapia, acupuntura, eletroterapia e exercícios apropriados. Sugiro que procure a sua clínica de reumatologia e ortopedia, para um correto diagnóstico e início do tratamento, que geralmente apresenta excelentes resultados. Lembro também que atualmente já há disponível medicamentos que atuam impedindo a progressão da artrose e que podem fazer parte do seu tratamento.

Eduardo Sadigurschi – Reumatologista do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo – e da Sociedade Brasileira de Reumatologia


Dor no ombro

Tenho muita dor nos braços, na altura dos ombros. A dor só pára quando deixo os braços imóveis. Pode ser bursite? O que faço para me livrar dessa dor?

Tenho muita dor nos braços, na altura dos ombros. A dor só pára quando deixo os braços imóveis. Pode ser bursite? O que faço para me livrar dessa dor? (Kátia D’Angelo – Friburgo)

Há um grande número de doenças que podem levar à dor e a restrição dos movimentos do ombro: síndrome do impacto subacromial (bursite) , lesões dos tendões , lesões cápsulo-ligamentares, artrose, dentre outras. O seu problema pode ser uma simples bursite. Procure uma clínica de reumatologia e ortopedia, para que um especialista possa lhe avaliar e realizar exames de raio-x e ultra-sonografia para o correto diagnóstico de sua doença. Saiba que há tratamento e que geralmente alcançamos excelentes resultados. A boa notícia é que atualmente já há disponível uma nova forma de tratamento, chamado de TOC (terapia de ondas de choque), que tem resultados ótimos em cerca de 85% dos casos de tendinite e bursite de ombro, evitando até a necessidade de cirurgia.

João Marcelo Amorim, Ortopedista do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo



Quer receber novidades?


COVID-FREE
O CREB se dedica diariamente a atender seus clientes com toda a atenção e carinho, venha e comprove ❤