(21) 3182 8282 Whatsapp Horários
CONTEÚDO CREB SOBRE SAÚDE

Uma postura correta garante mais qualidade de vida

 

Problemas relacionados à coluna são, hoje, um dos maiores responsáveis pelo afastamento do trabalho no Brasil. Segundo dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), os problemas relacionados à coluna só perdem para doenças psiquiátricas e doenças ocupacionais relacionados ao trabalho (DORT) e lesões por esforço repetitivo (LER), ficando em 3º lugar no número de queixas e afastamentos do trabalho.

Poucas pessoas parecem se preocupar com esse assunto. É preciso saber, no entanto, que uma postura correta garante uma maior qualidade de vida, evitando uma série de problemas de coluna. “Cada vez é maior o número de pessoas com problemas de coluna em todo o mundo. No Brasil, as estatísticas apontam que 85% das pessoas têm, já tiveram ou terão problemas relacionados à coluna. Mas uma postura correta nos oferece uma maior qualidade de vida. E é muito simples cuidar da postura ao realizar as atividades simples do dia a dia”, explica Haim Maleh, fisiatra e reumatologista do CREB – Centro de Reumatologia e Ortopedia Botafogo.

O Dr. Haim dá algumas dicas, fáceis de seguir e que irão garantir uma melhor postura no dia a dia das pessoas.

Ao abaixar: “As pessoas geralmente se curvam para abaixar. Ao realizar o movimento desta forma, as costas poderão sofrer uma lesão. A posição correta ao abaixar com maior conforto é flexionando ou apoiando os joelhos no chão”.

Ao pegar peso no chão: “Jamais sobrecarregue suas costas, curvando-se ao pegar algum objeto pesado no chão. É preciso flexionar os joelhos para dividir o peso do corpo e da carga com as pernas. E jamais tente levantar algum peso que está acima de sua capacidade. Procure ajuda”.

 

 

 

 

 

 

 

 

No computador: “Muitos trabalhadores que passam horas em frente ao computador se queixam de dores na coluna. É preciso manter a cadeira próxima à mesa de trabalho. As costas devem estar retas e totalmente apoiadas no encosto. Uma boa dica é observar a altura da cadeira, para que a mesa fique numa determinada altura que possibilite que seu cotovelo forme um ângulo próximo a 90 graus e os ombros fiquem relaxados. Os pés devem ficar apoiados sobre o chão ou em um apoio apropriado. As pernas também devem formar um ângulo de 90 graus. De tempos em tempos, é bom interromper o trabalho para levantar e esticar o corpo. Alguns exercícios de alongamento são importantes e lhe ajudarão a relaxar”.

Ao subir escadas: “Mantenha-se ereto e jogue o peso do corpo na perna de trás, evitando curvar muito as suas costas. Utilize o corrimão sempre que possível”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ao dormir: “É fundamental buscar uma posição correta para evitar problemas e dores na coluna. Não durma de barriga para baixo e evite se manter rigidamente esticado. O ideal é dormir de barriga para cima, o que somente 2 % da população consegue. Se for deitar de lado, coloque um travesseiro entre os joelhos. O travesseiro onde a cabeça estará apoiada não deve ser grosso nem fino demais. O ideal é que ofereça apoio ao pescoço, mantendo-o alinhado em relação à coluna e preenchendo as curvas normais da coluna cervical. É bom lembrar que uma boa noite de sono é fundamental para a nossa saúde”.

Ao utilizar a pia ou passar a roupa: “Essas duas atividades exigem que o corpo fique ereto, mas não rígido. Coloque um dos pés ligeiramente na frente do outro e flexione a outra perna levemente para garantir um descanso para suas costas. A altura da pia ou tábua de passar deve ser suficiente para o corpo não ficar curvado ou com os braços muito levantados. Uma boa idéia é usar um banquinho para apoio dos pés, trocando-os de tempo em tempo”.

Ao varrer a casa: Nunca curve as costas. Se mantenha ereto e, sempre que necessário, flexione levemente os joelhos. Uma mão sempre deve estar segurando a extremidade do cabo e a outra vai à altura um pouco acima da cintura. Utilize uma vassoura com um cabo que tenha altura acima do seu ombro”.

Ao carregar sacolas: “Divida sempre o peso entre as duas mãos ou preferencialmente traga o peso contra o seu peito. Desta forma, você manterá sua coluna balanceada”.

O Dr. Haim Maleh finaliza lembrando que as pessoas devem procurar um especialista caso sintam dores regulares, por menor que sejam, para que uma avaliação médica possa apontar qual o problema e o tratamento adequado. “Muitas vezes, um pequeno problema, fácil de ser solucionado, acaba virando um problema muito maior por falta de cuidados. É sempre importante buscar um médico  fisiatra ou reumatologista para uma avaliação correta”, afirma ele.


Quer receber novidades?


COVID-FREE
O CREB se dedica diariamente a atender seus clientes com toda a atenção e carinho, venha e comprove ❤